Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rosangela Perez

*Psicóloga CRP ativo *Psicoterapeuta *Professora *Palestrante *Autora livro: EXERÇA SUA LIBERDADE DE SER(Ed.Letra Capital) *COMPRE PELO LINK *PREÇO FRETE DENTRO DO BRASIL *Tel.: BRASIL(21)98383-1978 * rosangelaperez@terra.com.br

Rosangela Perez

*Psicóloga CRP ativo *Psicoterapeuta *Professora *Palestrante *Autora livro: EXERÇA SUA LIBERDADE DE SER(Ed.Letra Capital) *COMPRE PELO LINK *PREÇO FRETE DENTRO DO BRASIL *Tel.: BRASIL(21)98383-1978 * rosangelaperez@terra.com.br

COMPETÊNCIA INTERPESSOAL.

 

 

          Alguns profissionais preocupados com o desenvolvimento humano e organizacional começaram a perceber e valorizar a importância de estudar e desenvolver as relações humanas e interpessoais para favorecer o aumento da produtividade, eficácia e qualidade de vida dentro do ambiente de trabalho em que, muitas das vezes, é o espaço no qual passam mais tempo da sua vida.

       

         O homem é um ser social e interage em diversos grupos, mas nem todo indivíduo consegue relacionar-se com as diferenças sociais e acaba, conscientemente ou não, ocasionando problemas nas relações com ele mesmo ou com a empresa, família e sociedade em geral.

     

         Segundo Nair Motta, “A natureza humana em si é comum a todas as pessoas, mas individualizada em cada pessoa, porque cada um de nós tem estímulos e sentimentos diferentes, objetivos e experiências de vida que variam com o grau de cultura do contexto histórico-social em que vivemos”.

     

          No momento em que o indivíduo faz parte de um determinado grupo social, começa aprender, assimilar os seus valores, códigos e regras básicas de relacionamento que poderão entrar em conflito com os seus valores já aprendidos, no primeiro grupo em que desenvolveu seu processo de socialização, dificultando a interação, a comunicação e a expressão de emoção. Contudo, se estiver disposto a trabalhar a competência interpessoal, possivelmente, não terá problemas no relacionamento.

    

         De acordo com Fela Moscovici, competência interpessoal significa: habilidade de lidar eficazmente com relações interpessoais, de lidar com outras pessoas de forma adequada às necessidades de cada um e às exigências da situação. Essa competência é resultado de uma percepção acurada, realística das situações interpessoais e de habilidades específicas comportamentais que conduzem ao relacionamento mais autêntico e satisfatório para as partes envolvidas.

       

          Quem escolher desenvolver essa competência precisará estar disposto e disponível a entrar no processo de crescimento pessoal com a ajuda de um profissional: autopercepção; autoconscientização; autoaceitação; autoconhecimento; flexibilidade perceptiva e comportamental; criatividade para soluções mais originais; feedback e a dimensão afetiva.

   

          Por conseguinte, o profissional que conseguir aliar a competência interpessoal com a técnica demonstrará estar mais preparado e fará a diferença para ingressar em um ambiente de trabalho com valores, atitudes e conteúdos intelectuais e emocionais que contribuirão na relação com a empresa, sua carreira, família e sociedade.

   

          Então, deixo como reflexão: Está disposto e disponível a desenvolver a competência interpessoal?

   

 

 

                                        ( fonte da imagem:www.rsbbconsultoria.blogspot.com.br)

 

 

2 comentários

Comentar post