Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Rosangela Perez

*Psicóloga CRP ativo *Psicoterapeuta *Professora *Palestrante *Autora livro: EXERÇA SUA LIBERDADE DE SER(Ed.Letra Capital) *COMPRE PELO LINK *PREÇO FRETE DENTRO DO BRASIL *Tel.: BRASIL(21)98383-1978 * rosangelaperez@terra.com.br

Rosangela Perez

*Psicóloga CRP ativo *Psicoterapeuta *Professora *Palestrante *Autora livro: EXERÇA SUA LIBERDADE DE SER(Ed.Letra Capital) *COMPRE PELO LINK *PREÇO FRETE DENTRO DO BRASIL *Tel.: BRASIL(21)98383-1978 * rosangelaperez@terra.com.br

DESCULPE, ESTOU EM CONSTRUÇÃO.

          Estava envolta em meus pensamentos, quando de repente me peguei fazendo memória de tudo que construí e que ainda estou construindo.

      

          Não pretendo aqui enfocar as coisas materiais, mas as múltiplas e diversificadas relações que contribuíram na construção da minha casa, ou melhor, da minha existência.

     

          Pessoas de várias religiões, orientações sexuais, raças, gostos, idades, gêneros, ideologias, classes sociais... Muitas perpassaram  em minha história, durante a formação, e nem se deram conta que estavam colaborando, deixando um pouco de si e fazendo parte desse momento único e com grande apreço que enriquece  toda uma estrutura pessoal.

      

          Contudo, nem todos edificaram com bons exemplos, mas que somente pude perceber depois de algum tempo.

      

          Porém, não quero aqui culpar ninguém e nem muito menos responsabilizar alguém por ter, em alguns poucos ou muitos minutos de encontro, jogado toda a sua sujeira em minha construção porque ninguém é perfeito e atire a primeira pedra quem já não errou.

    

          A minha intenção é fomentar uma reflexão sobre como está sendo construída a nossa casa: sentimentos, emoções, humor, valores morais, atitudes, costumes, modos de proceder e qual a nossa postura diante disso.

   

         Estamos ativos ou passivos diante do que recebemos dos outros durante a nossa formação?

   

         Será que estamos com uma postura de pessoas resignadas que aceitam todo o material roubado ou deixado em nosso quintal?

   

         Ora... ora , quem quer melhorar a sua casa precisa saber que esta decisão requer vigilância constante para que não seja pego de surpresa pelo ladrão, assassino, mentiroso, traidor, infiel, injusto e opressor.Visto que, não é qualquer casa, mas a sua.

   

         Assim, estar em construção é para poucos porque muitos acreditam que parar para analisar o material que está dentro do seu terreno demanda tempo e prefere deixar crescer todo o entulho, aquilo que não lhe serve mais, do que reservar um tempo para limpar e reciclar o seu habitat para ter uma boa dose de qualidade de vida, mesmo que para isso precise pronunciar para as pessoas a seguinte frase vinda do Monsenhor Jonas Abib: “Desculpe, estou em construção”.

 

 

 

  


                                                                         (Fonte da imagem: www.sinpesca.belemvirtual.com.br)